Caminhoneiros: atenção ao seu sono

Caminhoneiros: atenção ao seu sono

Um dos maiores problemas vividos por motoristas de caminhão é o sono, ou a falta dele. Cerca de 23% dos caminhoneiros já sofreram algum acidente causado por este motivo, de acordo com o Portal G1.

Por conta das longas viagens e dos intermináveis dias fora de casa, muitos destes trabalhadores ignoram problemas de saúde, não visitam o médico e muito menos realizam os exames recomendados para prevenção de doenças. Alguns motoristas chegam a dirigir 18 horas por dia sem parar para descansar ou comer, se mantêm acordados com a ajuda de remédios e colocam em risco suas vidas e a vida de outras pessoas.

O site Tortuga Online afirma que a única maneira de lutar contra o sono é realmente dormir e, para ajudar a aproveitar ao máximo esse momento, selecionamos dicas que visam aumentar a qualidade do sono:

– Faça o possível para dormir pelo menos 7 horas seguidas por dia. Se for realmente impossível cumprir essas horas, tire cochilos de pelo menos 40 minutos quando estiver com sono;

– Faça refeições leves durante a noite e evite exagerar na quantidade;

– Estabeleça uma rotina na hora de dormir, isso ajuda a induzir o sono;

– Durma em lugares conhecidos e que façam você se sentir seguro, essa é a única maneira de relaxar de verdade;

– Cuidado com a claridade, vede bem as janelas do caminhão para o ambiente ficar o mais escuro possível;

– Não durma com TV ou rádio ligados, ambientes silenciosos e tranquilos melhoram a qualidade do sono.

Lembre-se, a falta de sono a longo prazo pode trazer falta de vigor físico, envelhecimento precoce, perda de memória, tendência ao desenvolvimento de diabetes, obesidade, doenças cardiovasculares e gastrointestinais. Coloque a sua saúde e segurança em primeiro lugar e tenha viagens mais produtivas, com menos riscos.

Veja também: O trânsito na China

Somos uma empresa do grupo Europ Assistance, com foco na excelência de atendimento e inovação tecnológica. Atendemos seguradoras, transportadoras e montadoras de veículos, além do público em geral que deseje ter seus bens monitorados. http://www.ceabs.com.br/

Deixar um comentário