Panorama: roubo de cargas no Brasil em 2017

Panorama: roubo de cargas no Brasil em 2017

O roubo de cargas tem crescido anualmente no Brasil, assustando cada vez mais motoristas e transportadoras. A principal região que concentra os incidentes é o Sudeste, responsável por mais de 84% dos casos.

Segundo dados divulgados pelo governo de São Paulo, em 2017 foram registrados 10.584 roubos de carga, aumento de cerca de 6% em relação a 2016. No Rio de Janeiro, os números não são tão diferentes, com 10.599 roubos, de acordo com o ISP (Instituto de Segurança Pública).

Além disso, em todo o estado do Rio de Janeiro, foram registrados 29 casos de roubo de cargas por dia, os quais, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública, ajudam a financiar o crime organizado e o tráfico de drogas e armas.

Panorama: roubo de cargas no Brasil em 2017

Como proteger as cargas?

Esses dados fazem com que as transportadoras e empresas de carga se preocupem cada vez mais em obter soluções tecnológicas para prevenir os roubos. O rastreador da CEABS e a Isca de Carga estão entre as principais medidas para garantir a segurança dos bens e dos funcionários de maneira eficaz. Através desses dispositivos é possível fazer o monitoramento do caminhão em tempo real, rastreando qualquer tipo de material. Além disso, a Isca de Carga é imune ao jammer, propiciando mais eficiência na localização.

Panorama: roubo de cargas no Brasil em 2017

Se você deseja proteger sua frota contra a ação de criminosos, entre em contato com a equipe comercial da CEABS Serviços para receber um atendimento personalizado. Acesse nosso site ou ligue para os telefones 3004-7707 (capitais e região metropolitana) e 0800-725-7707 (demais cidades).

Veja também: Gestão de risco CEABS: vantagens da isca descartável

Somos uma empresa do grupo Europ Assistance, com foco na excelência de atendimento e inovação tecnológica. Atendemos seguradoras, transportadoras e montadoras de veículos, além do público em geral que deseje ter seus bens monitorados. http://www.ceabs.com.br/

Deixar um comentário