Tipos de pneus e qual o melhor para o seu carro

Tipos de pneus e qual o melhor para o seu carro

Os pneus são considerados itens de segurança do veículo, pois influenciam na estabilidade do carro e no conforto do motorista. O uso de pneus inadequados pode trazer riscos para o condutor e gerar defeitos mecânicos, por isso é fundamental conhecer os modelos existentes no mercado e assim entender qual é o melhor para o seu carro.

Pneu Off Road

Este modelo possui uma banda de rodagem mais larga e sulcos maiores, além de uma carcaça mais reforçada para aguentar o tráfego em terrenos acidentados sem o risco de deformações ou de diminuir a estabilidade do veículo. É indicado para uso na lama e em estradas de terra com cascalho. Como é fabricado para resistir a cortes, não deve ser usado constantemente no asfalto, pois pode causar desconforto para o motorista, ter um desgaste irregular e afetar a dirigibilidade.

Pneu On Road

Este tipo de pneu é ideal para quem utiliza o veículo predominantemente na cidade e vem de fábrica na maioria dos carros utilitários ou de passeio. Possui a banda de rodagem mais estreita e sulcos menores, aumentando a aderência ao asfalto. Além disso, é eficiente no escoamento da água, algo importante quando a pista está molhada. Se for usado com frequência em estradas de terra ou terrenos acidentados, pode ter pedaços arrancados devido à força dos impactos, para os quais ele não é preparado.

Pneu misto

Como o próprio nome sugere, este pneu é indicado para quem trafega constantemente tanto na zona urbana quanto na rural, ou seja, pode ser usado em qualquer tipo de pista, exceto em condições extremas, pois costuma ocasionar aumento no consumo de combustível em terrenos muito acidentados e apresentar ruídos quando em alta velocidade. A maioria dos jipes brasileiros e alguns SUVs já saem de fábrica com este tipo de pneu.

Seus pneus merecem atenção

Independentemente do modelo, é preciso sempre cuidar dos pneus para que garantam a estabilidade do veículo e a segurança dos ocupantes.

– Quando o pneu é calibrado com a pressão recomendada (o número está indicado no manual do veículo), ele produz menos calor durante o atrito com o solo. Assim, há menos desgaste e consumo de combustível. É ideal que a calibragem seja feita a quinze dias com os pneus ainda frios (para isso, o motorista deve dar preferência ao posto mais próximo de casa);

Alinhamento e balanceamento são dois procedimentos essenciais para a segurança do motorista. O primeiro deve ser feito a cada 5 mil quilômetros e o segundo quando o volante começar a emitir mais vibrações acima de 70 km/h;

– De tempos em tempos, é recomendável fazer o rodízio dos pneus, ou seja, trocá-los de posição. Assim, eles terão um desgaste uniforme;

– O modo de dirigir também influencia na durabilidade dos pneus. Por isso, o motorista deve evitar fazer curvas em alta velocidade, bem como frear ou acelerar de forma brusca;

– Na maior parte do tempo, o porta-malas deve ficar vazio, pois o peso excessivo pode desgastar os pneus;

– Deve-se evitar deixar o veículo sem uso por muito tempo, já que isso pode causar a deformação dos pneus.

Veja também: 5 acessórios úteis para seu carro

Somos uma empresa do grupo Europ Assistance, com foco na excelência de atendimento e inovação tecnológica. Atendemos seguradoras, transportadoras e montadoras de veículos, além do público em geral que deseje ter seus bens monitorados. http://www.ceabs.com.br/

Deixar um comentário