5 medidas para dirigir na estrada pela primeira vez

cinco-medidas-dirigir-estrada-primeira-vez-blog-ceabs

Dirigir na estrada é bem diferente do trânsito na cidade, a começar pela velocidade. Na estrada tudo acontece mais rápido: de acordo com o Jornal de Brasília, quando a velocidade está alta, o motorista perde parcialmente dois aliados importantes contra o perigo, o tempo de reação e a visão periférica.

Outra diferença é que, na estrada, os carros estão normalmente mais cheios de passageiros e bagagens, o que faz com que o veículo precise de um tempo maior tanto para ganhar velocidade quanto para parar, o que influencia nos cuidados com a segurança.

Confira algumas medidas para diminuir os riscos de dirigir em estradas:

1. Mantenha os vidros fechados ou totalmente abertos

blog-ceabs-cinco-medidas-dirigir-estrada-primeira-vez

Quando a ultrapassagem por um veículo grande e pesado acontece e apenas uma das janelas está aberta, o ar que entra não consegue sair, podendo ocasionar um acidente grave.

2. Esteja atento aos sinais entre motoristas

ceabs-blog-cinco-medidas-dirigir-estrada-primeira-vez

Quando um veículo em sentido contrário pisca os faróis, significa que mais à frente há um problema inesperado na pista, ou seja, é prudente desacelerar. Já se o carro atrás de você estiver com o farol alto aceso com insistência enquanto você trafega na pista da esquerda, é porque quer que você libere a ultrapassagem.

3. Não se arrisque em ultrapassagens

dirigir-estrada-primeira-vez-cinco-medidas-blog-ceabs

Ultrapassagem requer experiência. Em sua primeira vez na estrada, só o faça em caso de extrema necessidade.

4. Desacelere antes de curvas acentuadas

medidas-cinco-dirigir-estrada-primeira-vez-blog-ceabs

Frear durante uma curva pode ocasionar acidentes. Por isso, fique atento às placas de sinalização para desacelerar antes de uma curva e voltar a acelerar somente ao final dela.

5. Tenha anotado o número da sua seguradora

primeira-vez-estrada-cinco-medidas-dirigir-blog-ceabs

Caso o seu carro tenha seguro, é imprescindível que você leve anotado o número da empresa para recorrer a ela se necessário.

Veja também: As estradas mais perigosas do Brasil

Deixar um comentário