Carro parado: cuidados com o veículo em tempos de quarentena

Em tempos de distanciamento social e quarentena é comum utilizar menos o carro e deixá-lo parado na garagem, mas é preciso ficar atento, pois essa prática pode trazer problemas quando você voltar a usá-lo. Confira alguns cuidados para que isso não ocorra.

Tanque de combustível

Um dos itens que você deve ficar atento é o combustível no tanque, pois se a gasolina ficar inativa por muito tempo, ela irá formar um tipo de gosma que obstrui os filtros, entupindo os injetores e, nos mais antigos, os carburadores. O mesmo ocorre com o etanol, embora leve mais tempo. É recomendado que o motorista esvazie o tanque ou, então, abasteça com gasolina aditivada, pois possui maior durabilidade.

Troca de óleo

Quando o óleo fica parado por muito tempo, ele começa a perder suas características de lubrificação. Antes de colocar o veículo na garagem, leve-o para trocar o óleo do motor, do fluido de freio e o filtro. Verifique se a tampa do reservatório está bem fechada para não entrar umidade. Quando for religar o veículo, troque o óleo novamente, caso tenha ficado parado por mais de três meses e dirija devagar, para dar tempo de o óleo circular novamente por todo o sistema.

Cuidado com os pneus

Mesmo com o carro parado, os pneus vão esvaziando lentamente, por isso, se seu carro for ficar parado até 90 dias, consulte o manual e coloque a pressão máxima recomendada, para manter os pneus em um limite seguro, mas caso o veículo fique parado por um período maior que 90 dias o indicado é colocar o carro sobre um cavalete.

Bateria

Os automóveis de hoje têm uma bateria eletrônica embarcada muito grande, até para dar conforto aos motoristas e passageiros. Uma parte desses itens são responsáveis por um consumo de energia elétrica constante dentro do veículo, são eles: alarme, rastreador e aparelhos de som. O consumo desses itens acaba diminuindo nesse período e, assim, a carga da bateria também diminui. Por isso, desconecte a bateria para que não haja consumo desses itens.

Limpadores de para-brisa

Os limpadores de para-brisa geralmente só são lembrados no momento da chuva, mas não podemos esquecer que, quando parada, a borracha começa a derreter levemente e grudar no vidro, por isso, retire os limpadores e guarde-os em um local quente, ou apenas mantenha-os longe do vidro.

Proteção

Caso você não tenha uma garagem coberta, é muito importante limpar e cobrir o veículo. Assim evita-se a poeira que pode afetar partes do veículo, como o sistema de ar condicionado, por exemplo.

Leia também: Freios de carro: quando fazer a troca dos componentes

Deixar um comentário