Curitiba adota sistema de EstaR Eletrônico

O EstaR (Estacionamento Regulamentado) Eletrônico começa a funcionar em Curitiba a partir do dia 16 de março e promete facilitar a vida dos motoristas. Hoje existem 12.088 vagas tarifadas de estacionamento. Confira a seguir mais informações sobre o sistema.

Como funciona

Nas vagas de EstaR é obrigatório o uso do cartão de estacionamento das 9h às 19h de segunda a sexta e aos sábados das 9h às 14h. O cartão deve marcar o dia e a hora em que você estacionou. Atualmente, só é possível comprar o cartão para uma ou duas horas de estacionamento, mas com o EstaR eletrônico a cobrança será fracionada de 15 em 15 minutos.

O motorista deverá fazer o download do aplicativo EstaR e comprar os créditos por meio dos aplicativos: Zul Digital, Faz Digital Curitiba e Transitabile ou em pontos de venda físicos, a serem definidos. Quando estacionar o carro, o motorista deve informar a data, o horário e a placa do veículo, a partir disso a fração de 15 minutos de estacionamento custará R$0,75 e a hora cheia R$3. Caso tenha que mudar de vaga uma nova cobrança será feita.

A plataforma irá avisar o motorista quando o prazo de estacionamento estiver encerrando, dando a opção de renovação para mais um período, caso não exceda o limite máximo de duas horas.

Cartões de papel

Entre 16 de março e 10 de maio, os motoristas poderão usar os cartões de papel ou o aplicativo. A partir de 11 de maio os cartões não serão mais aceitos e os motoristas terão até 10 de junho para trocá-los por créditos no EstaR eletrônico.

Punições para estacionamento irregular

Atualmente quando o motorista estaciona sem cartão em área onde é exigido o EstaR, ele é apenas avisado de que está cometendo uma infração e têm até cinco dias úteis para regularizar a situação comprando um bloco de cartões. Já com o EstaR digital, o motorista terá até cinco dias úteis para pagar R$30.

Leia também: Aliados para quem tem carro: 5 aplicativos para motoristas

Deixar um comentário