Economize durante a pandemia: aprenda como fazer os pneus de seu veículo durarem mais

Quem possui carro sabe que o custo de um pneu novo é alto, ainda mais durante a pandemia, com muitas incertezas no cenário econômico, o melhor que podemos fazer é economizar o máximo possível. Além disso, ter um pneu em bom estado mantém o motorista seguro enquanto dirige. Confira algumas dicas que irão ajudar na durabilidade dos seus pneus.

Coloque a pressão correta nos pneus

O indicado é sempre manter o pneu calibrado, pois além de garantir estabilidade e segurança ao veículo, pneus corretamente calibrados consomem menos combustível que pneus murchos. Para saber qual a pressão ideal, é preciso consultar o manual do automóvel. Lembre-se também de calibrá-los a cada 15 dias, e nunca quando estiverem quentes após longas rodagens.

Não sobrecarregue os pneus 

Todo pneu possui um limite de carga estipulado pelo fabricante e informado na lateral do próprio pneu. Por isso, pneus sobrecarregados, além de terem um maior contato com o solo, podendo causar danos mecânicos ao veículo, ainda aumentam o consumo de combustível.

Mantenha os pneus alinhados e o balanceamento em dia

Veículos desalinhados provocam diversos prejuízos, como o desgaste prematuro de pneus e componentes da suspensão, além do aumento do consumo de combustível. O equipamento de “alinhamento” deve ser altamente confiável, pois precisa ser uma medição precisa de ângulo e tolerância milimétrica.

O balanceamento também é um item importante, que consiste em corrigir uma má distribuição de massas ao longo do conjunto pneu e roda, e deve ser executado através da adição de pequenas massas que deixarão equilibrado o conjunto. A falta de balanceamento causa desgaste irregular nos pneus e antecipa a troca dos componentes.

Realize o rodízio de pneus

Os pneus dianteiros e traseiros trabalham em situações diferentes, o que ocasiona um desgaste desigual. Para aumentar a vida útil dos pneus é essencial realizar o rodízio de pneus do veículo, conforme recomendado pelo fabricante. O indicado é que o rodízio seja feito a cada 5.000 quilômetros.

Proteja as válvulas de segurança

A falta da tampinha na válvula de segurança – bico onde se enche o pneu, pode gerar acúmulo de sujeira no seu interior e danificar o núcleo da válvula, causando, assim, perda de pressão dos pneus. A válvula de segurança resseca e trinca com o passar do tempo, e o principal motivo é a incidência do sol na borracha, por isso, é importante sempre trocá-la.

Dirija e estacione com cuidado

Para proporcionar uma longa vida útil para seus pneus, o ideal é acelerar o carro de forma progressiva, frear levemente e fazer curvas com calma, além de dirigir com cuidado. O motorista deve prestar atenção na hora de estacionar o veículo. Evite parar com o pneu esterçado contra a guia, pois esse contato pode cortar a borracha. Também mantenha distância das sarjetas, para não raspar a banda lateral.

Leia também: O pneu adequado para cada veículo

Deixar um comentário