Pneus para frotas: saiba quais cuidados são essenciais

Segundo a Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO),os gastos com os pneus de uma frota estão entre os maiores do custo operacional, representando 18,68% do total, atrás apenas dos gastos com combustível e com a manutenção dos veículos. Por isso, adotar medidas que preservem o pneu por mais tempo é uma ótima maneira de economizar. Confira a seguir algumas dicas.

Treine sua equipe

É preciso treinar sua equipe para que ela saiba a importância dos cuidados com os pneus. Uma forma de conscientizar os motoristas sobre como os custos podem ser controlados é orientá-los a respeito de questões como calibragem, frenagem e até mesmo condições das vias. Também é possível realizar um programa de incentivo e recompensas para colaboradores que cuidem bem dos veículos.

Fique atento à calibragem

A calibragem correta é o ponto de partida para manter os cuidados com os pneus em dia. A não realização da calibragem correta faz com que o desgaste do pneu seja irregular, diminuindo sua vida útil e prejudicando sua performance e segurança.

Todos os carros vendidos no Brasil contêm informações sobre os níveis de calibragem no próprio veículo. Geralmente os dados estão no interior da tampa do combustível, nas portas ou colunas e no manual do carro. É preciso ficar atento à carga transportada, pois a calibragem deve ser feita de acordo com a capacidade de carga do veículo.

Monitore o desgaste com o Tread Wear Indicator

O Tread Wear Indicator (TWI) é uma marcação que fica entre os sulcos do pneu, um recurso que ajuda a monitorar o desgaste dos pneus e indica a hora de trocá-los. Quando o pneu está novo, a marcação é menor que os desenhos da borracha. Com o uso, ela fica com a mesma altura que os desenhos, pois os pneus diminuíram. Quando o TWI começa a entrar em contato com o chão, o pneu já atingiu seu nível máximo de desgaste e precisa ser substituído por um novo.

Realize a manutenção preventiva

A manutenção preventiva pode auxiliar na vida útil dos pneus, pois o alinhamento e o balanceamento do veículo garantem que o automóvel permaneça estável, sem trepidar, e que não puxe para um dos lados. Esses fatores são essenciais para que o pneu não gaste de forma irregular e tenha que ser substituído muito antes do esperado.

Realize corretamente o rodízio de pneus

O rodízio de pneus é uma técnica que pode ajudar a manter o desgaste uniforme e a prolongar a durabilidade. Para isso, é preciso apenas ficar atento às recomendações do manual do veículo. Geralmente os pneus traseiros ficam menos gastos, mas é importante respeitar as recomendações do fabricante.

Leia também: Tipos de pneus e qual o melhor para o seu carro

Deixar um comentário