Proteja-se do coronavírus ao usar o transporte de aplicativos ou táxis

Motoristas e passageiros de táxis e carros de aplicativos estão mais sujeitos a contrair o Coronavírus devido ao grande fluxo de passageiros que tem contato. Veja a seguir algumas medidas para evitar o contágio do vírus nestes casos.

Para o passageiro

Evite ficar próximo ao motorista, opte por embarcar no banco de trás do carro, peça para o motorista abrir as janelas e dispense o ar-condicionado, assim você diminui as chances de contrair o vírus e deixa o ar circular. Evite também colocar a mão no rosto enquanto estiver no carro, ao sair, use álcool gel ou lave as mãos.

Sempre leve com você lenços de papel, para que em caso de espirro ou tosse você cubra o rosto com ele e evite que gotículas de saliva se espalhem pelo carro.

Usar máscara ajuda?

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que o uso da máscara só é recomendável para quem está infectado com o vírus ou para quem mantém contato próximo com pacientes. Utilizar a máscara no carro ou na rua não diminuirá as chances de contato com a COVID-19. Partículas virais podem penetrar a máscara, além de que o vírus pode entrar em contato também pelos olhos e não apenas pelas vias respiratórias.

Para os motoristas

Para os motoristas é indicado higienizar o carro de duas a três vezes por dia, a cada quatro horas. Depois de transportar um passageiro com tosse, deve-se limpar o carro com um pano com álcool em gel ou álcool 70%.

Disponibilize álcool em gel e lenços de papel para os passageiros, não se esqueça de utilizar álcool em gel nas mãos após receber o pagamento e higienize também as máquinas de cartões. Outros locais que costumam ter maior contato com a mão devem ser higienizados, como volante, alavanca de câmbio, painel, maçanetas, cintos de segurança e vidros.

Fazer corridas para aeroportos e hospitais é perigoso?

Selecionar passageiros ou corridas para locais específicos, excluindo aeroportos e hospitais não diminui a chance de exposição à COVID-19. É praticamente impossível prever onde o vírus estará pois, pessoas infectadas podem não apresentar nenhum sintoma, visto que o período de incubação do coronavírus varia de 1 a 14 dias de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Leia também: Coronavírus: como fazer a higienização correta do carro.

Deixar um comentário