Tudo o que você precisa saber sobre o IPVA

Tudo o que você precisa saber sobre o IPVA

O ano ainda nem terminou e algumas pessoas já começam a pensar sobre os impostos e taxas do ano seguinte. O temido Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, mais conhecido como IPVA, começa a ser cobrado nos primeiros dias de janeiro, junto com o Seguro Obrigatório, o DPVAT.

Muitas são as dúvidas em relação a prazos, pagamentos, condições e valores da taxa. Com base na Revista Auto Esporte, preparamos um post com tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

O valor do IPVA a ser pago varia de estado para estado, e é estipulado sobre o valor venal do veículo determinado pela tabela Fipe – Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, girando entre 1% e 4%. Você pode conferir o valor venal do seu carro no site do DETRAN e assim saber quanto terá que pagar pelo IPVA 2016.

As datas para pagamento também são definidas pelo Governo Estadual. O prazo final está associado ao último número da placa de cada carro, por exemplo: placas que terminam com o número 1 são as primeiras a quitar a dívida, e as de final 0, as últimas.

O imposto pode ser pago com desconto em parcela única já no começo de janeiro, integralmente, mas sem desconto, em fevereiro, ou ainda ser parcelado em 3 vezes, sendo a última parcela programada para março. O não pagamento fica sujeito a multa de 0,33% por dia de atraso mais juros com base na Taxa Selic. Passados 60 dias, a multa é fixada em 20% do valor total do imposto, depois disso, o atraso vira débito inscrito e a multa pode passar a ser de 100%, com cobrança realizada mediante a protesto. Em medidas extremas o veículo poderá ser apreendido e multado, e o condutor receber 7 pontos na CNH.

Procure informações sobre como regularizar o IPVA do seu veículo dentro da data estipulada e o valor através do site do DETRAN do seu estado, e evite surpresas desagradáveis.

Veja também: Impostos de importação para caminhões e ônibus ecológicos podem ser reduzidos

Deixar um comentário