Itens de segurança que serão obrigatórios no Brasil

Itens de segurança que serão obrigatórios no Brasil

Os itens de segurança dos veículos são essenciais para garantir a proteção do motorista, dos passageiros e de outras pessoas ao redor.

De acordo com o CTB (Código Brasileiro de Trânsito) No Brasil, alguns equipamentos são obrigatórios, exigidos em todos os veículos comercializados dentro do país, como para-choques, faróis, buzina e seta, entre outros. Recentemente, foram adicionados novos itens a esta lista, que visa melhorar a segurança em território brasileiro. Sua plena regulamentação deve ocorrer nos próximos quatro a cinco anos. Confira:

  • Isofix: padrão internacional de fixação da cadeira infantil, que consiste em ganchos soldados na carroceria, em vez de a cadeirinha ser presa ao cinto. A norma será obrigatória para os novos modelos produzidos a partir de 2018, e para os já existentes no mercado, a partir de 2020.
  • Controle de estabilidade: será obrigatório para os carros fabricados a partir de 2022. Consiste em um sistema eletrônico que corrige a trajetória do veículo em caso de perda de aderência dos pneus.
  • Luzes diurnas: com intuito de tornar o carro mais visível durante o dia, esse sensor acende quando o carro é ligado, mantendo os faróis e lanternas desligados. Esse item será obrigatório a partir de 2023.

Itens de segurança que serão obrigatórios no Brasil

 

  • Aviso de afivelamento dos cintos: serão obrigatórios avisos sonoros ou luminosos no painel, alertando todos os ocupantes sobre a necessidade de afivelar os cintos antes do veículo entrar em movimento. O prazo dado para regulamentação foi de 6 meses, contando a partir da publicação da resolução (1º de janeiro de 2018).

Itens de segurança que serão obrigatórios no Brasil

  • Alerta de permanência em faixa: esse dispositivo já existe em alguns veículos no Brasil, e emite um sinal visual ou sonoro quando o motorista invade os limites da sua faixa de rodagem. O prazo dado para regulamentação foi de 18 meses, contando a partir da publicação da resolução (1º de janeiro de 2018).

 

  • Frenagem automática emergencial: essa tecnologia auxilia o motorista a frear em situações emergenciais com a pressão adequada, para evitar colisões. O prazo dado para regulamentação foi de 18 meses, contando a partir da publicação da resolução (1º de janeiro de 2018).
  • Sistema de visibilidade traseira: esse sistema também é conhecido como câmera de ré. O prazo dado para regulamentação foi de 6 meses, contando a partir da publicação da resolução (1º de janeiro de 2018).

Itens de segurança que serão obrigatórios no Brasil

Veja também: Como o freio do carro funciona? 

Somos uma empresa do grupo Europ Assistance, com foco na excelência de atendimento e inovação tecnológica. Atendemos seguradoras, transportadoras e montadoras de veículos, além do público em geral que deseje ter seus bens monitorados. http://www.ceabs.com.br/

Deixar um comentário